PT EN ES

O PADRÃO TARTARUGA

O padrão de tartaruga é intemporal e mantem-se presente no mundo da óptica desde os anos 20. Nessa altura, o material utilizado para produzir armações com este padrão provinha precisamente de carapaças de tartarugas. Anos passaram, e felizmente, hoje não utilizamos materiais com origem animal para fabricar este efeito visual. Hoje, o acetato é o material preferencial. Contudo, a associação das cores e pequenas nuances que misturam diferentes tons de castanho contribuíram para que nome resistisse ao teste do tempo.

Independentemente do tipo e da forma da armação, as marcas apostam ano após ano neste padrão. O facto de o padrão tartaruga permitir a combinação de diferentes tons de castanhos ou dourados, faz com que cada marca possa personalizar as suas armações, mas também permite a combinação com diferentes tons de pele e cores de cabelo.

Existem versões dos “óculos tartaruga” para o público feminino e masculino. Uns mais sóbrios e formais, outros mais extravagantes e descontraídos para utilizarmos nos nossos dias habituais ou em eventos festivos. Se tivéssemos que definir os “óculos tartaruga” numa palavra seria, versatilidade.

Curiosamente, ainda existem artesãos a utilizar a casca de tartaruga hawksbill. Mais concretamente uma casa de artesãos francesa, a Maison Bonnet. Apesar da pesca à tartaruga estar proibida desde 1973, o fundador, Alfred Bonnet, decidiu antes da proibição da captura desta espécie, armazenar uma grande quantidade de carapaças para continuar a manufactura através deste material, após a proibição da sua captura. Devido à raridade do material e pelo facto de cada par de óculos ser produzido à medida através de processos manuais, os “óculos tartaruga” da Maison Bonnet podem chegar a custar 25 mil euros.


\  CONTEÚDO RELACIONADO
Receber notificação

Irá receber uma notificação quando este produto estiver disponível

Pedido de notificação já está registado

OK